Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Tem alguém aí?

Eu criei o blog Sobre Asas com o intuito de escrever sobre o que eu quisesse, sem precisar de forma fixa ou de algo que não venha de mim e das minhas inspirações. Sem toda essa coisa de gramática, certo, errado, bota ou não, agrada ou não... Por isso passo, as vezes, bastante tempo sem postar e do nada volto de novo, vou e volto, vou e volto.
Mas ei! Tem alguém aí? Gostaria de saber se só eu leio meus rascunhos bobos, ou se alguém mais se interessa. Para melhorar esse projeto, talvez? Não sei. Por egoísmo? Talvez.  Porém, seria legal saber. Comenta aí? Mesmo em anônimo?
No fim, obrigada. A alguém, a ninguém, a mim.

Enough.

Depois de tanto tempo esperando pelas férias, advinha só: faz três dias e já estou procurando o que fazer. Tenho muito, é verdade, inúmeros projetos surgem na minha mente, mas sabe aquela sensação de ter muito o que fazer e nada ao mesmo tempo? As vezes isso dá um vazio, as vezes alívio, agonia... uma mistura de tudo. E, no entanto, quanto a isso não tenho o que fazer. Esperar passar? 
Sinceramente, eu queria mesmo era me aventurar. Fazer coisas novas, diferentes. Hoje vou sair pra correr, mas parece que meu corpo e minha mente exigem mais, queremos mais, mais do que isso. Mais, mais, mais... Mas o "querer mais" as vezes não me leva para lugar algum. Apenas como agora. 
Eu escuto música de todos os estilos, danço, canto... mas ainda não é o suficiente! Por favor, alguém me diga o que será?

#Escutehoje: Knocking on heaven's door

Tradução (Vagalume): Batendo na porta do céu
Mamãe tire este distintivo de mim Eu não posso usa-lo nunca mais Esta ficando escuro, escuro demais para ver Estou me sentindo como se estivesse batendo na porta do paraíso
Bate, bate, bate na porta do paraíso Bate, bate, bate na porta do paraíso Bate, bate, bate na porta do paraíso Exatamente como muitas vezes antes
Mamãe ponha as minhas armas no quintal Eu não posso atirar com elas nunca mais Aquela nuvem grande e escura esta abaixando Estou me sentindo como se estivesse batendo na porta do paraíso
Bate, bate, bate na porta do paraíso Bate, bate, bate na porta do paraíso Bate, bate, bate na porta do paraíso Exatamente como muitas vezes antes

Depois de tanto tempo

Eu queria poder ter alguém com quem conversar sobre você. Mas ainda estou com aquela sensação de que as pessoas ao meu redor esqueceram e eu continuo lembrando, dia após dia. Em algum momento, você está lá, na minha imaginação absurdamente ruim. Também não posso dizer que não tento esquecer, porque eu tento e esqueço também. Mas eu deveria?
Você fez algo horrível, como pôde? Como pôde não ver que tinha outras alternativas? Como pôde desistir tão fácil de algo tão importante? Como pôde entrar para a lista dos jovens que vêm tirando a própria vida? Lista que, infelizmente, só aumenta. A vida é tão cheia de possibilidades! A juventude é tão cheia delas...
Só espero que em algum lugar você tenha encontrado paz, que haja piedade e amor no final. Só espero, por favor, que tudo esteja bem. 


Imagem: Weheartit