21 de abril de 2016

Saudades de um dia de feriado


Hoje é uma dia de saudade
Será que te verei?
E mesmo a noite
Que ainda nem chegou
Faz meu pensamento voltar para ti
Me pergunto outra vez
Será que te verei?

As maquinações da minha mente
Não me deixam em paz
E fico bolando um jeito
Meio maluco, sem juízo
Para ver de perto
Esse teu rosto lindo

Me pergunto, entristecida
Para que tanto feriado
Que me afasta de ti?
Mas, sei que se hoje reclamo
E fico longe
Amanhã nesse mesmo dia
Agradecerei
Pois perto estarei
Outra vez de ti

Nenhum comentário:

Postar um comentário