19 de abril de 2016

17.04.2015


Um dia, você vai acabar sozinho. Por causa dos erros que cometerá e da sua falta de atenção, você morará com sua mãe outra vez, que já não se aguenta em pé e está perto de falecer e sua irmã ainda solteira, reclamando do café frio e da falta de tempo. Um dia, ela se casará com um bom homem e você ficará sozinho. 

A casa que antes parecia tão pequena que não cabia todos os seus irmãos, cunhadas e sobrinhos, ficará tão grande que você terá preguiça de sair da cama até a cozinha, mesmo tendo sua barriga roncando de fome a todo o instante e quando chegar à geladeira, encontrará água quente e ovos podres, porque esqueceu de pagar a energia. E aí vai se lembrar da sua ex-mulher, que tanto te amava e que um dia você amou, lhe dizendo "Vá pagar essa conta, antes que você esqueça!". Vai achar que está vendo suas duas menininhas gritando e brincando pela casa e até chamando "Papai!", até perceber que são memórias e que, na verdade, elas hoje estão adultas. Aliás, elas ficaram enormes! Quando foi que você deixou de perceber esse crescimento? E aí vai ligar para elas, para saber como estão, mas a mais velha estará ocupada demais e a caçula não dará tanta importância, porque, afinal, você também nunca deu tanta importância, não é mesmo?

Nesse dia você vai se tocar de quem poderia ter sido e vai se lamentar, sozinho, pela casa que agora está tão vazia. Vai pensar em ligar para os seus amigos, para tomar cerveja, mas vai lembrar que é terça-feira à noite, então devem estar fazendo algum programa com a família. Vai ficar triste, talvez até chorar, mas esse dia não vai mudar você, porque você nunca muda. Quer saber por quê?

Você ainda vai esquecer de dar descarga depois de urinar com a porta aberta, mesmo que o cheiro invada a casa toda e ainda vai preferir ovo frito do que frango. Já de noite, vai se deitar na cama e ficar passando os canais, com um tédio horrível, fumando sem se importar com outros porque, afinal, você estará sozinho. Apesar disso, vai acordar bem cedo no dia seguinte, tomar banho e comer pães, porque você adora pães. E vai agir como se o dia anterior não tivesse existido, porque foi assim que você aprendeu a lidar com as coisas. Ignorando. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário